Dedico essa página a alguns DJ's que escreveram a história da discotecagem no Brasil, alguns deles, como grandes parceiros de carreira!
Para os amantes da música, DJ's iniciantes (ou não) e fissurados pela "arte das cabines", recomendo a leitura. Aqui tem história e origens!

BILLY

VADÃO

ANDY

AKEEN

GUEDES

ROGERINHO

IRAÍ

DOUBLE C

LUIS CAMPOS

CUCA

DJ HUM

CADICO

ASSEF

"Foi meu mentor na Batalha de Dj's!  Além de ser um profissional da música completo, é um ser humano ímpar. Acredita demais no meu trabalho e nunca mediu esforços pra me ajudar. Um cara que devo muito, inclusive minha permanência e insistência na carreira."

 

De incrível talento e extremamente versátil e criatívo, Maestro Billy é uma celebridade que esteve na casa dos brasileiros todo sábado, como produtor musical, arranjador e DJ do programa Caldeirão do Huck, transmitido pela Rede Globo semanalmente.

Produtor radiofônico e musical há mais de 20 anos, foi um dos ”fundadores” do Programa Pânico da Jovem Pan FM, responsável pela transmissão dos jogos da Copa do Mundo dos Estados Unidos pela Transamérica FM, produtor musical de vários remixes e CDs completos de artistas como Ed Motta, Lulu Santos, SPC, Ana Carolina, entre outros.

Trabalhou como produtor artístico e musical também nas rádios Band FM–SP, Cidade FM–SP e Metropolitana SP.

 

Hoje dirige o Estúdio Mellancia, produtora de áudio Publicitário.

Foi pioneiro na produção de podcasts (Programas de Rádio Online) e em 2005 iniciou projetos para Cervejaria Heineken, VW, Revista Cláudia/Rexona, Masp entre outros.

Em 2007 despontou entre os 50 Campeões da Inovação eleitos pela Revista INFO e participou do “Seminário WEB 2.0 no Brasil”, seminário da Info sobre as tendências da Internet em empresas.

No Estúdio Mellancia, Billy produz projetos e criações exclusivas para, vinhetas, sound tracks, sound design, sound fx, trilhas, jingles e spots, podcasts musicais e de conteúdo para agências de publicidade e clientes diretos.

Atua como DJ em diversos estados e cidades brasileiras e já foi 3 vezes ao Japão, Premiações do Grupo Meio e Mensagem, Prêmio MSN, iBest, eventos corporativos, Banco do Brasil, Adidas, Red Bull Soap Box e Corrida Maluca, entre outros.

"Desde o início da minha carreira, acompanho esse cara pra onde ele ia! Uma das maiores técnicas que já vi e uma generosidade do tamanho dele!
Serei sempre grato por todas as vezes que tive o prazer de tocar ao lado desse cara!"

 

Desde 1981 trabalhando na noite Paulistana, com residência nos principais Clubs da cidade.

Com influência Old School da Era Disco / Funky nos anos 70’ e 80’, nunca se prendeu a um único estilo. Muito eclético, porém com muita cautela na escolha do repertório, pois acredita que nenhum evento é igual a outro, garantindo assim a satisfação total da pista.

Atualmente apresenta em áudio e vídeo simultâneamente, o que há de melhor no cenário musical nacional e internacional, o que tem gerado um grande numero de eventos corporativos e Festas especiais de FLASH BACK , que tornaram-se sua marca registrada..

 

Suas mixagens perfeitas e a maneira sutil com que mistura os ritmos, o tornaram um dos profissionais mais requisitados do mercado.

 Durante esses anos seus trabalhos lhe renderam alguns prêmios:

  • DESTAQUE  DJ  (REVISTA DJ SOUND)
  • MELHOR REMIX  (JOVEM PAN 2 / EPIC COLUMBIA)
  • BEST  DJ  FLASH BACK  (PROGRAMA OXYDANCE)

 

Nove compilações assinadas por diferentes gravadoras, obtendo disco de ouro em quatro delas.

Abertura de vários shows internacionais: INFORMATION SOCIETY, SNAP, TECHNOTRONIC, KOOL & THE GANG, KC AND THE SUNSHINE BAND, MARTA WASH, TEARS FOR FEARS entre outros.

Fora do Brasil já se apresentou em Miami e Orlando (EUA),Hamamatsu, Nagoya e Guma (JAPÃO)  Montegobay (JAMAICA  e Cayena (GUIANA FRANCESA).

"Impossível esquecer a reação desse cara genial, ao entrar na casa da Batalha de DJ's e dar um grito de surpresa ao me ver no time que iria julgar!
Todas as oportunidades que tive de tocar ao lado dele, foram simplesmente incríveis!!!!"

 

Dj / Produtor / Remixer & Owner Mono Club – Flavour / Movement & V Recordings UK .

 

Com mais de 20 anos de experiência e maestria Dj Andy conduz uma pista de dança assim como um maestro rege sua orquestra. Sendo um dos pioneiros em trazer para o Brasil o Drum'n'Bass, ele engloba toda sua técnica e performance, fazendo de sua apresentação um show.
Andy teve seu start na carreira em 1992, dentro da cultuada OverNight, um dos clubes responsáveis pela geração “eletrônica” que nascia nos anos 90. Durante estes anos, suas mãos passaram pelas pick ups dos mais renomados clubes da cena, como Lov.e e D-Edge, (onde teve residência) ,Clash - residente -, e em grandes eventos e festivais, como SKOL BEATS (sendo um dos únicos a tocar em todas as edições), Brasília Music Festival (BMF), Ceará Music, FW Eletronico, divulgando suas batidas de estilos e conceitos inovadores, tornando-se cada vez mais conhecido, dividindo a cabine com os mais TOP DJs do Mundo.

Apaixonado por clássicos dos anos 70, 80 e 90 e devido sua irreverência, nos presenteia também com sets especiais de OLD SCHOOL, tocando os maiores hits de 1989 à 2000, passando pela Acid House ,House Music, Techno e Breakz. Esses sets fizeram história em festas consagradas como : Club Clash, Lov.e, D–Edge, Vegas, Mega Revival Over Night / Contra-Mão / Toco , Club Disco, Club A Loca, Lab Club & Hot Hot.

Na fase Empreendedor, iniciou eM 99 sua carreira de empresário com a inauguração da Vinyl Records, uma loja especializada em música eletrônica tendo como prioridade o Drum’n’Bass. Em 2009 montou a Stereo Djs, que mais pra frente se tornou a Unique Djs, representando Djs de vários estilos.

Em 2012 Andy realiza o seu maior sonho, o Club MONO.

Localizado no Baixo Augusta o Clubinho tem com o conceito de levar boa música , encontro de amigos e conhecer gente bonita.

Com dois ambientes e decoração que mescla elementos retrô com alta tecnologia.

"Uma das pessoas que mais me deu força na época que eu mais precisei."

 

Com um conhecimento musical impecável, DJ Akeen teve o apoio dos pais, amantes da boa música, quando quis seguir carreira como DJ. Desde os 11 anos, já se arriscava tocando em festas particulares.

 Aos 21 anos, passou a fazer parte da Fieldzz Produções, onde aos poucos foi desenvolvendo sua técnica como DJ e produtor. Também professor durante 13 anos da mesma, formou muitos alunos por todo o Brasil.

 Participou do campeonato Sul americano de D.J.s em Asunción, chegando ao vice campeonato em 1993 , iniciativa da JBL e Numark. Nos anos posteriores, foi matéria em várias revistas, jornais e até TV, nos programas Fantástico, SPTV, MTV, Jornal do SBT, SBT Brasil,  Programa Manhã Maior e Programa Livre.

No passado atuou em rádios como Nova FM Record, seu primeiro programa no FM, Jovem Pan, Metropolitana, Transamérica S.P. Radio Pool, Opus Fm, Manchete FM e atualmente é um dos principais D.J.s do programa Energia na Véia da rádio Energia 97 Fm há 14 anos, além da rádio Transamérica Light , Pool Web Rádio, Live Mix e faz parte da produção do programa Jazzmasters transmitido pela Alpha, 22 emisssoras no Brasil e 02 países.

É proprietário da Rhythm Áudio Produções, onde leciona em seu próprio curso de D.J.s, Produção de música eletrônica, Curso de Produção e mixagem em

video,além da Rhythm efetuar trabalhos de áudio ou seja: Vinhetas, aberturas,trilhas e edições musicais para gravadoras e emissoras de rádio e TV, além de produzir suas músicas, os quadros Dr. Sample  e remixes...

Teve residência em alguns Clubs ( A Lanterna,Massivo,Ébano Bar, IT HouseClub e projetos na Danceteria Broadway ), além de trabalhar como D.J. da cantora

de Dance Music Dalimas ( Planet Pop Festival ) .Em 2008 ,2009 e 2010 à convite da Energia 97 e Promoação, atua em 2 cruzeiros temáticos: ( Energia na Veia no navio e Freedom On Board ).

Criador do Projeto Acustica, festa itinerante tocando grandes sucessos em grandes casas, junto com renomados DJs.

"Claro que em toda carreira, existem frustrações.  A minha principal, é não ter conhecido melhor o Guedes.
Nosso único encontro, ele me apertou a mão e me disse: Cara, você é muito bom!
Isso ecoa na minha mente como um grande presente até hoje!"

 

"Papai do céu falou: Você vai morrer pobre, mas vai virar pra caralho. É isso que eu sei fazer e é isso que vou morrer fazendo”, contou ele no livro de Claudia Assef: "Todo DJ Já Sambou".
Conhecido por seu perfil técnico e cirúrgico e amante da tecnologia e da música, seu trabalho é baseado em novas formas de expressão.

 Após alguns anos se utilizando do Final Scratch – interface que permite que o DJ tocasse músicas em seu Laptop através de um disco de vinil, no final de 2004 passou a usar o Serato, sendo assim, o pioneiro no uso de softwares/hardwares para DJs profissionais.

Mas o trabalho de Ricardo Guedes vai além da arte de mixar. Seu trabalho com produção musical já rendeu uma série de elogios da imprensa e do público.

Guedes já remixou Madonna e Simply Red. Entre os artistas nacionais estão Guilherme Arantes, RPM, Léo Jaime.

Sua discografia é uma das mais extensas entre os DJs em atividade, com 23 compilações e 3 DVDs. Já participou dos principais festivais de musica Eletrônica e foi residente do Spirit of London.

Foi eleito melhor DJ pela revista DJ Sound por 3 vezes e uma vez como DJ revelação. Técnica e feeling aliados a mais tradicional e firme arte de mixar. Old School Classics e o que há de mais novo nas pistas de todo o mundo. Guedes conseguiu fundir isso tudo numa explosão de groove e muita energia.

"Depois de muito tempo indo para a Broadway ver o Rogerio tocar, um fatídico dia, ele pergunta se eu tinha vontade de tocar com ele.
Lógico que respondi que sim e em seguida, ele colocou o fone dele na minha cabeça e disse: manda bala!
Tenho muito a agradecer a esse humilde e talentoso amigo!"

 

Rogério Djess já conta com 25 anos de carreira e sua trajetória começou a ser traçada na década de 90, após sua descoberta pelo Empresário Luiz Montoya Samperi. Suas pistas foram consagradas, com técnica e estilo musical diferenciado.

Seu primeiro single “Stealing Around” com os produtores Gui Boratto , Tchorta e Herban se tornou um grande hit das pistas.

Rogério percorreu uma longa estrada com residências em clubs que fizeram história nas noites de São Paulo.

Toda sua experiência, tendência, talento, amor e dedicação pelo seu trabalho é transformado em diversão para o público.

"Uma das maioes inspirações, ainda guardo as fitas K-7 com os sets mixados nos programas de rádio que ele comandava"

 

Do Flash Back à Música Eletrônica, é assim que o DJ Iraí Campos se auto intitula - “Dj Festa”, pois só determina seu repertório após observar a Pista, e aos poucos ir  descobrindo qual o estilo mais agrada. Seu estilo inconfundível vem desde os anos 70 agitando gerações.

Aos 16 anos, conseguiu seu primeiro espaço como DJ, numa Casa da Zona Norte de São Paulo o “Tio Sam Club”, e depois pulou para uma das Maiores Casas da Época a “Toco”. Inaugurou Califórnia Dreams (em Santana) tocando aos sábados; na mesma época, teve sua primeira experiência em um Clube Prive - Lonorabille Societá,  época essa em que Iraí Campos tocava de segunda a sexta, e aos Domingos fazia a Domingueira da Toco em São Caetano - resumindo: tocava todos os dias da semana sem descanso, e ainda fazia a programação da Rádio Bandeirantes FM - o que lhe rendeu a primeira matéria na revista Veja SP. co Classics.

Foi o primeiro DJ do Brasil, a produzir um “Remix Nacional” - “Louras Geladas”, da banda RPM, em parceria com os DJ’s Grego e Julinho Mazzei; e em trabalho solo, os principais nomes da música Pop no Brasil: Marina Lima, Tim Maia, Kid Abelha, Lulu Santos e Titãs, que rendeu o primeiro remix nacional produzido nos Estados Unidos ao lado de Tuta Aquino.

Em 1987, fundou a DJ Shopping, a primeira loja especializada em equipamentos para DJ’s no Brasil. A DJ Shopping foi o grande ponto de encontro dos Disc Jockeys mais famosos do Brasil, e também abastecendo as Casas Noturnas de todo o país com as últimas novidades em vinil. Em 1988, Irai criou também o primeiro curso para DJ’s do país, curso esse que formou muitos profissionais que hoje são destaque no meio.

"Uma das mixagens mais longas que já ouvi na vida, foi feita por esse cara aqui. Tinha ela gravada em uma fita K-7 até o dia que encontrei com ele e comentei sobre essa virada. Na hora ele me pediu a "pérola" de presente e por sorte, estava no carro. Foi uma honra te presentear com isso!!!"

 

Residente dos clubes paulistas Space Lounge, em Itapetininga, Paddys Pub e Club Versus, na capital, Celsinho Double C está entre os TOP DJs da cena black nacional. Seus sets, regados com bom gosto e muita técnica, já colocaram para dançar uma lista de celebridades Globais, como na festa de aniversário do apresentador Luciano Huck, em sua casa no Rio de Janeiro, em diversas festas da Triton e na refinada loja da Daslú, em São Paulo.

 

Já fez parte da turma de residentes do classudo clube Disco e se apresentou nos megaeventos Moinho Music Tour e Planet Pop Festival, em São Paulo, onde tocou para 20 mil pessoas. Celsinho participou do programa Domingão do Faustão como DJ do Rapper Virtual Dogão e também foi convidado para dividir as pick ups com o DJ Negralha do Rappa, no show da Banda Papas na Língua, em Balneário Camboriú.

Celsinho também pilota o programa Transpiração, na rede de rádios Transamérica Hits, sextas e sábados, as 21h, o Black On Line, transmitido aos sábado, as 19h, pelo site www.radioagitasaopaulo.com.br e na Rádio Energia 97 FM de São Paulo participa do programa Energia na Véia todos os Domingos as 07:30h.

"Toda vez que lembro das viradas desse cara no extinto Victoria Pub, me emociono! Não só pela técnica impecável mas pelo repertório que ele mostrava todas as noites que tocava.
Se conheço e gosto de música eletrônica hoje em dia, a culpa é dele! Um verdadeiro maestro dos toca-discos, foi um dos caras que foi meu professor sem saber."

 

Produtor e DJ Luis Campos começou sua carreira com 14 anos de idade.

Uma pequena coleção de discos foi a sua primeira inspiração para pegar o seu primeiro conjunto de toca-discos Technics. Ao longo da primeira década de sua carreira, ele realizou residências em alguns dos clubes mais respeitados do país, incluindo Limelight de São Paulo, Victoria Pub, New QG, Gitana entre outros.

Os talentos de Luis, também foram exibidos em festivais de música de prestígio a maioria do Brasil, como Skol Beats e a Love Parade assistidos por cerca de 200.000 pessoas.

No final dos anos 90, fundou a banda Influx . Sua faixa intitulada "crack" logo se tornou um favorito MTV, ganhando popularidade, que se espalhou por todo o Brasil, Europa e América do Norte.

Começando sua carreira internacional em 2000, Luis teve a oportunidade de visitar toda a América, incluindo Florida (Miami WMC), Massachusetts, Nova Jersey, Califórnia e Nova York. Tocou em clubes de renome internacional, tais como: Love, Exit, Twilo, Spirit, Life, World, B.E.D e hoje tem a residência no Pacha and Sullivan Room há 3 anos.

Em 2008 Luis Campos juntou forças com Matyas Kelemen para criarem o projeto Reality Engine, onde mistura produção original de música, vídeos sincronizados e projeções holográficas.

Costumo dizer que um set desse cara, é como ouvir uma sinfonia. A habilidade e o cuidado de mixar músicas com tons e harmonias parecidas, transformam as suas viradas em perfeitas obras!

Foi um dos pioneiros a usar samples e loops em seus sets, criando produções exclusivas ao vivo!

 

Cuca foi e é um dos DJ's produtores mais respeitados que existe. Criador de remixes para muitos artistas consagrados como: Shaggy, Inner Circle, Celine Dion, Laura Pausini, Gary Barlow, Toni Braxton, Lauryn Hill, Wyclef Jean, Shakira, Lighthouse Family, NSync, Andreas Boccelli, Amadeo Ming, Rick Martin, Donato & Stefano, All Saints, Thalia e muito mais!

Começou a fazer Megamixes e remixes para rádios brasileiras e como produtor, produzindo Rap e Hip Hop no Brasil no início dos anos 90.

Se consagrou com a produção do EP Gabinte Calighari, ao lado de Ricardo Medrano. Um álbum que na época, além de trazer a faixa titulo, uma produção monstruosa pra época, trazia também uma faixa com samples para os DJ's de performance, usarem em suas apresentações

Ganhou duas vezes o campeonato de DJ's, DMC Brasil e três vezes o Campeonato sul-americano.

Dono de uma técnica que faz do seu set, uma verdadeira obra prima, hoje ele tem faixas que são tocadas no mundo todo, variando os estilos: House / ProgHouse / DeepHouse /Bass House / Hip Hop /Trap.

ha

"Me lembro de ir ao centro da cidade, muito novo, só pra ver os breakers dançando com a discotecagem do DJ Hum. Com equipamentos simples e muito improviso, esse cara fez das tardes de muita gente, uma grande festa ao ar livre!!"

 

Humberto Martins de Arruda artisticamente conhecido como Dj Hum, iniciou sua trajetória no inicio dos anos 80 tocando em casas noturnas e bailinhos em casas de família nas periferias de São Paulo. Em suas festas sempre manteve uma seleção musical baseada em Soul e Funk anos 70 e 80, Rap e Samba Rock.

Também foi o pioneiro e o responsável no Brasil pela divulgação das novas técnicas de mixagens usadas pelos Djs Norte Americanos (scratch, back to back, transformer, etc) o que levou a atenção da mídia e empresários da cena musical dos anos 80.

Gravou seu primeiro disco em 1987 junto com o rapper Thaide, criando a dupla geração pioneira do Hip Hop brasileiro: Thaide & Dj Hum, juntos lançaram 9 discos. Participou e produziu musicas para Fernanda Abreu, IRA! Clube do Balanço, Rogério Flausino, Paula Lima, Racionais, MV Bill, Marcelo D2, Chico César, Fat Family, Funk Como Legusta, Wilson Sideral, Pavilhão 9, Xis, Berimbrown, Rita Ribeiro, Cláudio Zoli, Simoninha, Seu Jorge, Negritude Junior, Jota Quest, Silvera entre outros.

Em 2002 montou o seu próprio selo: Humbatuque Discos, direcionado a novos talentos da Soul Music e do Hip Hop Nacional. É produtor de discos e remixes exclusivos para as gravadoras nacionais e majors internacionais. É apresentador do programa de radio "Festa do Dj Hum" que vai ao ar aos sábados na 105 FM SP desde 1999. Leciona oficinas de Djs, Produção Musical, Workshop em unidades do SESC, Prefeituras, Centro Culturais, Sesi, etc; em todo o Brasil. J Entre as musicas de sua autoria e produção, algumas fizeram parte dos filmes: Bicho de 7 Cabeças, Carandiru, O Magnata, Filhos do Carnaval (HBO).

É curador do Projeto" Vinil é Cultura" em todo o territorio nacional, realizado pelo Centro Cultural Banco do Brasil- RJ.

"Meu curso de DJ foi 90% ministrado por esse cara aí! Devo muito a ele, principalmente pelo gesto de credibilidade e generosidade na época. O curso acabava, os alunos todos iam embora e ele me chamava na sala de aula novamente, pra continuar me ensinando a arte da discotecagem! Sinal de que ele já acreditava no meu talento! Obrigado professor!!!!"

 

Profissional credenciado na área de sonoplastia, trabalhou em várias Radios (AM/FM) e DJ de diversas casas noturnas de São Paulo. Como a maioria dos DJs começou nos famosos bailinhos de Quintal em 1976, chegando a ter um público fixo de 3 mil pessoas. E aos 16 anos de idade foi chamado para comandar a cabine do Dancin’ Days na Zona Norte.

 Nessa época realizava um rodízio entre as casas noturnas pertencentes do grupo: TOCO,  CONTRA-MÃO, CALIFORNIA DREAMS e TOCO SÃO CAETANO, onde logo fixou-se como DJ residente, somando outras casas ao grupo como a OCEAN DRIVE em Santo André, LA BOOM em Mogi das Cruzes e a TWIST´S em São Caetano do Sul, casa que ditou moda e conceito musical em toda grande São Paulo entre 94 e 95.

 

 Entre os anos de 91 e 93 recebeu alguns convites por onde passou pela OVER NIGHT , ZOOM, HOMO SAPIENS, SUNSET(ex- Califórnia) e NEW COUVERY. Neste momento atua na gerência do Cabral Tatuapé, onde paralelamente dedica-se na produção e gravação de DVDs dos grupos que por ali passam, além da produção de vinhetas e aberturas em vídeo.

Cadico toca atualmente nas maiores festas do estilo Revival e Flashback do Brasil e se apresenta no programa Energia na Véia da Rádio Energia 97 FM de São Paulo todos os sábados as 8 da manhã.

"Se existe uma DJ competente, que ama seu trabalho e ainda por cima ergue a bandeira da discotecagem como ninguém, essa DJ é Claudia Assef.
Já li seu llvro 3 vezes e ainda terei o prazer de conhece-la pessoalmente! Obrigado Claudia por tudo que fez e faz por nós, Dj's!"

 

Autora do único livro escrito no Brasil sobre a história do DJ e da cena eletrônica nacional, a jornalista e DJ Claudia Assef tomou contato com a música de pista ainda criança, por influência dos pais, um casal festeiro que não perdia noitadas nas discotecas que fervilhavam na São Paulo dos anos 70. Seu livro, “Todo DJ Já Sambou – A História do Disc-Jóquei no Brasil” foi lançado em 2003 com eventos em várias cidades do país. O livro vendeu mais de 25 mil cópias e atualmente se encontra esgotado.

Claudia manteve a noite Discology (em parceria com Camilo Rocha) no Vegas, dedicada à pesquisa musical das eras mais remotas da música eletrônica, do funk e ao hip hop. Nos toca-discos, sua principal intenção é fazer dançar sempre.

 

Traduzindo em batidas, seus sets passeiam por tecno, house e electro com influências que vão desde o clima quente do dub até a frieza robótica do breakbeat alemão. Claudia já tocou ao lado de DJs como Marc Houle, Troy Pierce, Greg Wilson, Tim Sweeney, Ellen Allien, entre outros, e se apresentou nos principais clubes do país.

Como diretora de conteúdo do Virgula, Claudia implementou um novo conceito editorial no portal, que passou a apostar num conteúdo mais focado para o jovem urbano. Foi lá que nasceu o programa Todo Mundo é DJ, que agora Claudia mantém no seu site próprio, Music Non Stop.

Está à frente do projeto do primeiro Museu do DJ do mundo, que terá sede em São Paulo.

11-98294-0826